Pix no comércio eletrônico deve dobrar até 2025

Uso do Pix no comércio eletrônico deve quase dobrar até 2025

Pix no comércio eletrônico

As transferências realizadas por meio do Pix estão crescendo em diversos setores do Brasil, e para o e-commerce isso não é diferente. De acordo com um estudo feito pela consultoria norte-americana FIS, até 2025 o uso do Pix no comércio eletrônico deve quase dobrar.

O levantamento mostrou que as transferências bancárias via Pix já correspondem a 10,9% dos pagamentos realizados no e-commerce, devendo atingir um índice próximo aos 18% em 2025. Isso demonstra uma diferença de comportamento entre os brasileiros e outros usuários do Pix na América Latina, já que em termos globais a expectativa é que o Pix tenha uma queda em países como Peru (de 8,8% para 3,8%) e Colômbia (16,5% para menos de 10%).

Ainda segundo o estudo, os cartões de crédito lideraram como meio de pagamento no comércio eletrônico em 2021, respondendo por 44,7% do total, seguido pelas carteiras digitais (16%) e cartões de débito (14%). A consultoria também apresentou dados que revelam que as vendas do e-commerce, no Brasil, devem avançar 95% até 2025, atingindo 79 bilhões de dólares.

Pix – Pagamento Instantâneo

Implementado pelo Banco Central em 2020, o Pix, meio de pagamento instantâneo, já atingiu mais de 110 milhões de usuários. Segundo último balanço divulgado pelo BC, em fevereiro de 2022, já existem 408,6 milhões de chaves ativas, sendo 113,6 milhões de usuários pessoas físicas e 8,4 milhões de usuários pessoas jurídicas.

Depois de um ano de funcionamento, o Pix já movimentou 4 trilhões de reais, somando cerca de 75% das transações realizadas entre pessoas físicas e 16% entre pessoas jurídicas. O novo método de pagamento contribuiu para a democracia e auxiliou a inclusão de brasileiros ao sistema bancário.

A expansão do Pix continua crescente. No dia 4 de março, o pagamento instantâneo teve o seu novo recorde de transferências diário, atingindo 58,5 milhões de operações realizadas em tempo real. Enquanto isso, o mês de dezembro de 2021 permanece com o maior número de operações de Pix, totalizando 1,4 bilhão de operações mensais, seguido de janeiro de 2022 com 1,3 bilhão de operações realizadas.

Possibilitando a participação de empresas e usuários finais na nova dinâmica do mercado financeiro, a Celcoin disponibiliza infraestrutura de tecnologia financeira e bancária com soluções de APIs de Redes Físicas, Transações e Open Banking, inclusive oferecendo o serviço do Pix às plataformas de empresas de diversos setores.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no pinterest
Fique por dentro da plataforma pioneira em infraestrutura de tecnologia financeira e bancária

Ficou interessado em nossas soluções?

Envie uma mensagem!