Celcoin News - Open Finance aumenta investimentos em software

Foco em Open Finance aumenta investimentos em software no setor bancário

A ampliação do ecossistema do Open Finance vem impulsionando os investimentos em software realizados pelo segmento de bancos nos últimos anos. No ano passado, praticamente 60% dos investimentos totais em tecnologia aportados pelo setor bancário foram destinados a software. 

Até o fim de 2022, a expectativa é que o setor trabalhe com um orçamento total de R$ 35,5 bilhões para projetos de tecnologia. Já o volume total investido em 2021 para desenvolver o parque tecnológico alcançou R$ 30,1 bilhões.

Open Finance estimula investimentos

A fatia do orçamento de tecnologia reservada ao upgrade de software aumentou sete pontos percentuais entre 2020 e 2021. Esse incremento é puxado pela necessidade do setor bancário em impulsionar frentes como open finance, CRM, analytics e big data. 

Nos últimos dois anos, ganharam destaque os investimentos em software relacionados à infraestrutura. Nessa categoria, estão, por exemplo, softwares de gerenciamento de aplicativos, de informações, de armazenamento e de segurança de operações. A análise faz parte da “Pesquisa FEBRABAN de Tecnologia Bancária 2022 – Volume 2: Investimentos em tecnologia”, divulgada em maio.

Rodrigo Mulinari, diretor do Comitê de Inovação e Tecnologia da Febraban, observa que a ampliação dos investimentos tem sido impulsionada por algumas frentes. Entre elas, estão o desenvolvimento do ecossistema de open finance e a digitalização do consumidor.

“O resultado reforça o compromisso da indústria bancária no desenvolvimento de novas funcionalidades em serviços e produtos e também está relacionado com a expansão dos canais de atendimento. Algumas frentes têm impulsionado essa ampliação, como a implementação do Open Finance, a crescente digitalização do consumidor e também a modernização do legado tecnológico dos bancos” 

avalia Mulinari

Cerca de R$ 1,1 bilhão investidos em software de infraestrutura

Entre os bancos participantes do estudo, os investimentos em software de infraestrutura saltaram de R$ 600 milhões em 2020 para R$ 1,1 bilhão em 2021. Isso representa um incremento de 83%. Também houve um crescimento da verba para custear o hardware usado na estrutura de cloud pública. Entre os bancos respondentes, esse valor passou de R$ 200 milhões em 2020 para R$ 600 milhões no ano passado.

A pesquisa, que está na 30ª edição, apontou um aumento de 13% no orçamento entre 2021 e 2020, quando o total investido em tecnologia. Em 2020, o orçamento total destinado a tecnologia chegou a R$ 26,6 bilhões. Os investimentos cresceram 27% entre 2020 e 2021, e as despesas aumentaram 6% no mesmo período.

Sobre a pesquisa

A divulgação dos resultados da Pesquisa FEBRABAN de Tecnologia Bancária 2022 está dividida em três fases. Na primeira etapa, divulgada em abril, os resultados mostraram as prioridades do investimento em tecnologia para 2022. 

Na segunda fase, o foco está nos dados sobre investimentos feitos em 2021. Nessa etapa, os dados foram coletados por meio de formulário eletrônico entre fevereiro e março de 2022. Foram 17 bancos participantes, o que significa 82% das instituições ativas da indústria bancária no Brasil. 

A terceira etapa apresentará o raio-x das transações bancárias realizadas pelos brasileiros no ano passado.

Clique aqui para ter acesso à íntegra da segunda fase da Pesquisa FEBRABAN de Tecnologia Bancária.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no pinterest
Fique por dentro da plataforma pioneira em infraestrutura de tecnologia financeira e bancária

Ficou interessado em nossas soluções?

Envie uma mensagem!