Bancos e fintechs se unem na experiência do Open Finance | News Celcoin

Bancos estreitam parcerias com fintechs para melhor experiência ao cliente no Open Finance

A velocidade da inovação está calibrando o investimento em tecnologia do setor bancário no Brasil. Em 2020, o valor investido chegou a R$ 25,7 bilhões, sendo 10% desse total direcionados para aumentar a segurança no ambiente digital.

Nessa esteira da inovação, a busca por parceiros ganhou força entre os bancos. Em 2020, 87% dos bancos afirmaram ter algum tipo de parceria para alavancar o ambiente de inovação. Em 2019, bancos com parceiros em inovação representavam 69%.

Tecnologia bancária

A busca do setor bancário por parceiros como fintechs se deve à corrida pela entrega da melhor experiência ao cliente, que será decisiva para a fidelização no ambiente Open Finance. O incremento dessas parcerias foi um dos destaques da 29ª edição da Pesquisa FEBRABAN de Tecnologia Bancária, realizada pela Deloitte.

A implementação do Open Banking vai acelerar o movimento de parcerias dos bancos com fintechs e bigtechs, sobretudo no desenvolvimento de produtos para empréstimos, meios de pagamento e cadastro de clientes, avalia Sérgio Biagini, sócio-líder da Deloitte para a indústria de Serviços Financeiros no Brasil.

“A pesquisa revelou um aumento de parcerias feitas pelos bancos para ampliar a opção de canais de distribuição e para agregar novos produtos ao portfólio das instituições, movimento que pode ser ainda mais acelerado com a implementação do Open Banking”

diz Biagini

Entre 2019 e 2020, houve, ainda, um aumento expressivo na distribuição de produtos bancários desenvolvidos por parceiros. Em 2019, 38% dos bancos distribuíam produtos de parceiros. Em 2020, a parcela de bancos que passou a distribuir produtos de parceiros aumentou 60%. No ano passado, 62% dos bancos afirmaram distribuir produtos de parceiros como fintechs e bigtechs.

APIs

A pesquisa FEBRABAN de Tecnologia Bancária também destacou a importância das APIs (do inglês Application Programming Interface). Para os bancos, as APIs são fundamentais para garantir agilidade, escalabilidade e segurança no ambiente Open Finance. A demanda por APIs e computação em nuvem será crescente. A pesquisa apontou ainda uma preocupação dos bancos em aumentar a governança nas APIs.

Os dados apresentados na 29ª edição da pesquisa foram coletados em três fases: coleta quantitativa anual e coleta quantitativa trimestral, feita por formulário; e coleta qualitativa realizada por entrevistas. De acordo com a Deloitte, 21 bancos enviaram respostas relacionadas ao questionário anual e ao questionário trimestral, representando 87% dos ativos da indústria bancária no país. As entrevistas foram feitas com 17 executivos da área de tecnologia bancária de 10 bancos.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no google
Compartilhar no pinterest
Fique por dentro da maior plataforma de Open Finance do Brasil

Ficou interessado em nossas soluções?

Envie uma mensagem!