Categorias
Mercado Financeiro

Tendências e próximos passos do Open Finance no Brasil

As constantes mudanças no mercado financeiro brasileiro têm sido um dos assuntos em alta nos últimos meses. Novas possibilidades, necessidade de adequações de padrões, tendências e inovações são alguns dos temas que surgem ao falar do setor.

Em matéria à Finsiders, a Celcoin, como pioneira em Open Finance, já vislumbra algumas etapas que os bancos e fintechs devem passar para se adequarem ao novo mercado.

“Para ter uma vantagem nesse novo momento, será preciso se posicionar como uma plataforma aberta e explorar novos canais.”

diz Marcelo França, CEO da Celcoin

O segmento vive agora a “grande revolução”. Instituições tradicionais buscam por novas opções de produtos e serviços, enquanto as fintechs experimentam possibilidades em um território ainda não explorado.

As barreiras de entrada do mercado também estão diminuindo, assim como a verticalização. Novos players entram para competir no mercado a todo momento, como nos segmentos de telecom e varejo, que aproveitam as oportunidades oferecidas pelas plataformas banking as a service (BaaS).

Abrangendo todo o mercado financeiro, a Celcoin disponibiliza ao setor APIs para Redes Físicas, Transações e Open Banking, proporcionando a essas instituições serviços como débito automático, histórico de consumo, DDA (débito direto autorizado), pagamento de contas, saques, depósitos e muitos outros.

Confira a matéria completa na Finsiders.